Translate

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Outubro Rosa


Vamos falar de coisa sério? CÂNCER DE MAMA!


(E qual cor está relacionada ao mês? ROSA. Mais uma vez os papéis de gênero determinando as nossas vidas)

 #fail

Não vou falar disso agora, melhor focar na conscientização da causa!



E hoje eu fui toda de rosa para ajudar na "disseminação" do assunto na IBM :)


Então...

Já faz alguns anos que o mês de Outubro é destinado para dissipar a causa contra o câncer de mama, ou seja, conscientizar a população dessa doença que afeta MUITAS mulheres (e homens também!).


Afinal, o que é isso?
 
"Todo câncer se caracteriza por um crescimento rápido e desordenado de células, que adquirem a capacidade de se multiplicar. Essas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores malignos (câncer), que podem espalhar-se para outras regiões do corpo. O câncer também é comumente chamado de neoplasia.
O câncer de mama, como o próprio nome diz, afeta as mamas, que são glândulas formadas por lobos, que se dividem em estruturas menores chamadas lóbulos e ductos mamários. É o tumor maligno mais comum em mulheres e o que mais leva as brasileiras à morte, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca)."
fonte


O que deve-se fazer?
O AUTOEXAME! :)

Se conheça, se toque, se permita!

Procure: deformações ou alterações no formato das mamas, abaulamentos ou retrações, feridas ao redor do mamilo, caroços endurecidos nas mamas ou axilas e secreções pelos mamilos.


 
É a maneira mais popular para detectar, porém não deve ser um exame "isolado" sem acompanhamento médico.

 
"O câncer de mama é relativamente raro antes dos 35 anos, mas acima dessa idade sua incidência cresce rápida e progressivamente. É importante lembrar que nem todo tumor na mama é maligno e que ele pode ocorrer também em homens, mas em número muito menor. A maioria dos nódulos (ou caroços) detectados na mama é benigna, mas isso só pode ser confirmado por meio de exames médicos.
Quando diagnosticado e tratado ainda em fase inicial, isto é, quando o nódulo é menor que 1 centímetro, as chances de cura do câncer de mama chegam a até 95%. Tumores desse tamanho são pequenos demais para serem detectados por palpação, mas são visíveis na mamografia. Por isso é fundamental que toda mulher faça uma mamografia por ano a partir dos 40 anos."
fonte


  CUIDE-SE e AME-SE

Um comentário :

  1. Oi gatinha!
    Fiz um post esse mês sobre o assunto
    Super importante msm espalhar as orientações

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir